Energia Solar: Grande fonte geradora de empregos

Energia solar criou mais empregos na América do que qualquer outra indústria

A energia solar não serve apenas para reduzir emissões de poluentes ou reduzir seu gasto com a conta de energia, ela também está mudando a vida de muitas pessoas com a geração de novos empregos.

Essa informação foi fornecida pelo Censo Nacional de Trabalho publicado pela Fundação The Solar.

Em 2010, havia cerca de 93 mil empregos em energia solar. O mercado mudou nos últimos anos, e tivemos um aumento significativo e de 6 anos para cá são mais de 260 mil pessoas empregadas no campo. Em 2016, um em cada 50 novos empregos estava na área e os analistas esperam que essa tendência se mantenha.

Os números apresentados no censo foram criticados por subestimar o número de trabalhadores que atuam nessa área, “Censo é amplamente reconhecido como a análise mais autorizada e abrangente da força de trabalho solar dos EUA”.

Tendência para o segmento de energia limpa

Uma pesquisa realizada e divulgada também pela fundação no ano passado já demonstrava que nos Estados Unidos há mais que o dobro de trabalhadores empregados no segmento de energia limpa se comparado por exemplo à indústria de carvão. Esse é um caminho sem volta, e sem dúvidas está mudando a vida de muitas pessoas em todos os aspectos.

Energia Solar no Brasil

No Brasil isso não é diferente, recentemente o país atingiu a marca histórica de 1 gigawatt (GW) de potência instalada em usinas de fonte solar fotovoltaica conectadas à matriz elétrica nacional.

Esta potência é suficiente para atender o consumo de 2 milhões de brasileiros, cerca de 500.000 residências.

A informação foi divulgada pela ABSOLAR – Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica e este resultado faz com que o Brasil esteja entre os 30 países do mundo, de 195, que possuem mais de 1 GW de capacidade instalada de energia solar.

E a expectativa é que a produção de energia solar no país dobre em 2018.

Tudo isso acaba gerando muitos empregos e oportunidades de negócio.

Sem dúvidas é mais um benefício gerado pela energia solar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + vinte =